Seguir por Email

domingo, 3 de julho de 2016

"DEVAGAR, O TEMPO TRANSFORMA TUDO EM TEMPO..."

Vídeos de corrida sempre guardam histórias que eles não costumam contar.

09 de junho de 2012. Classificação da 6a etapa do Marcas e Pilotos Paulista.

Há quatro anos e pouco mais de um mês eu fazia minha última, ou mais recente, corrida com a equipe Arias de São Paulo.

Na época, ao separar os vídeos da etapa eu editei os da corrida e não liguei para o da classificação. Editar vídeo de classificação, mesmo tendo sido o pole, nunca tem a mesma graça que editar um vídeo de corrida.

Publiquei o vídeo da primeira corrida e o da segunda corrida daquele final de semana logo no início da semana seguinte à etapa. Fui pole e fiquei em segundo lugar nas duas provas.

No meio da semana após a corrida, ou na outra, não me lembro bem, veio a desclassificação técnica do motor que usei na segunda prova.

Retirei o vídeo da segunda prova do YouTube e enviei por sedex para a Federação Paulista o troféu e o espumante referentes ao segundo lugar conquistado na segunda prova.

A classificação e a primeira corrida não haviam sido realizadas com o motor desclassificado, logo estavam valendo.

A desclassificação técnica daquele final de semana, a primeira e única que experimentei, me marcou com uma surpresa que logo virou tristeza.

Naquele momento estranho e meio que de despedida da equipe ou da categoria - não sabia se iria parar de correr por ali mesmo - eu editei o vídeo da classificação no mês seguinte ao da corrida, enquanto definia parar ou continuar.

Aproveitei parte do poema de José Luiz Peixoto na voz do Antônio Abujanra, um esquerdista que eu gostava de acompanhar, a música Sorrow - nomezinho bem apropriado - do Pink Floyd e fiz um dos vídeos que eu mais gosto e que até hoje não me canso de assistir.

Segue o bichão aí:



Nos treinos da etapa teve também essa foto bacana tirada pelo Jackson.

"Devagar, o tempo transforma tudo em tempo. O ódio transforma-se em tempo. O amor transforma-se em tempo. A dor transforma-se em tempo. Os assuntos que julgamos mais profundos, mais impossíveis, mais permanentes e imutáveis transformam-se devagar em tempo. Mas, por si só, o tempo não é nada, a idade não é nada, a eternidade não existe."

5 comentários:

  1. Off-topic: automobilismo de ponta às vezes dá nojo.

    https://www.youtube.com/watch?v=wfdBz5ubjpA

    = - \

    ResponderExcluir
  2. Você é fera. Até nas palavras. Abraço!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ôpa, Zanon! Obrigado pela consideração.

      Excluir
  3. Torcemos muito pelo carro 18 e seu digníssimo piloto....uma aula no esporte e nas divagações sobre a vida.
    Um abraço!
    Beto e Daniel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Roberto. Você e o Daniel marcaram muito positivamente uma boa fase de diversão, disputas e divagações na pista e aqui no blog. Também sou um torcedor de vocês. Grande abraço.

      Excluir